Alta de 12,5% no numero de casos de estupro coletivo.

0
216

Alta de 12,5% no numero de casos de estupro coletivo.

Em 2016, o ministério da saúde fez um balanço e mostrou que a cada duas horas e meia ocorriam um caso de estupro coletivo em algum lugar do Brasil.

No ano anterior foram registrados 3.526 casos, segundo os dados dos registros das unidades de saúde de todo o país. Uma alta de 12,5% em relação aos 3.132 casos registrados em 2015.

Foram somados os registros de casos de abuso sexual coletivo dos três estados mais populosos do Brasil (São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais) e o resultado foi de 1.360 casos com dois ou mais agressores, segundo o Ministério da Saúde.

Em termos percentuais, as unidades da Federação com maior índice de estupros coletivos por habitante são Acre, Tocantins e Distrito Federal. Em 2016, houve mais de quatro casos para cada 100 mil moradores nesses locais.

Na outra ponta da tabela, os estados com menor índice desse tipo de crime são Paraíba, Rio Grande do Norte, Maranhão, Sergipe e Bahia. Neles, o Ministério da Saúde registrou menos de um estupro coletivo a cada 100 mil habitantes. Como a pasta não investiga esses dados ativamente é difícil saber se isso acontece porque há poucos casos, ou porque há pouco registro.

Estudo aponta resultados encorajadores de vacina contra HIV

vitimas de estupro coletivo

DEIXE UMA RESPOSTA